Seguidores

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Mulher duvidava de Deus, morre e diz que falou com Ele antes de tornar a viver


Uma mulher que duvidava da existência de Deus, na maior parte da sua vida, disse que suas dúvidas se deram por encerradas quando passou pela experiência de ter ficado morta por nove minutos, ter falado com Deus e depois ter voltado a viver.

Ex-professora e mãe de quatro filhos, Crystal McVea decidiu contar sua história por meio de um livro lançado intitulado Waking Up In Heaven (Acordando no Céu, livre tradução em português).
McVea afirma que passou grande tempo de sua vida envolvida em meio a questionamentos sobre a razão de sua passagem na Terra e qual a continuidade disso tudo, incertezas que ficaram para trás depois do que viveu.
“Eu era cética. Sei o que é sentir a dúvida de sua existência e do que realmente há por atrás desta vida. Agora eu só quero dizer às pessoas que é real”, disse em depoimento ao canal de notícias americano Fox News.

O episódio da restauração de seu estado físico aconteceu em dezembro de 2009, quando estava sob coma, internada em um hospital depois de acidentalmente sofrer uma overdose de sua medicação para dor. Ela conta que nos nove minutos em que apagou abriu os olhos e viu que estava em um túnel de luz a caminho do céu.

“Eu não consigo encontrar palavras humanas para descrever o que senti quando estava lá. Tinham anjos ao meu redor, junto com Deus e eu me curvei e foi perfeito, bonito, incrível, mas essas palavras não são nada para descrever o que vi”, destaca.
Ao tentar explicar sobre como era a imagem de Deus, a ex-professora revela que foi ao encontro de uma forte luz, que penetrou sua alma de uma forma muito maior do que pudesse identificar a face do Senhor.
“Eu vi um brilho imenso. Um brilho que eu podia sentir, tocar, provar, ouvir, cheirar, que me infundiu. Era como se eu não tivesse os cinco sentidos apenas, mas talvez uns quinhentos sentidos. Eu não vi uma forma humana ou um rosto. Acabei de ver sua presença, pude senti-lo e ouvi-lo”.
McVea afirma que acreditava que seu papel como mãe e professora haviam encerrado suas experiências de vida. No entanto, ela agora acredita que Deus trouxe uma enorme libertação a sua vida, pois tem se deparado com a capacidade de amar e de perceber que “Ele ama a todos nós”.
Fonte: The Christian Post


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE VOCÊ ACHA!!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem sou eu