Seguidores

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Enfermeiro confessa ter esquartejado e congelado corpo ex-boxeador inglês

Reprodução

     O enfermeiro Thomas Dunkley, 29, confessou ter esquartejado e congelado as partes do corpo do ex-boxeador Shaun Cummins, 45. Dunkley cuidava do lutador, que ficou paralítico após um acidente de moto.
Apesar de confessar ter partido o corpo do lutador, o cuidador afirmou que não o matou.
Dunkley foi preso em 2012, acusado de ter matado e esquartejado o ex-boxeador. A polícia encontrou pedaços do corpo de Cummins em congeladores e, após investigar, constatou que o enfermeiro havia usado os cartões de crédito do lutador para fazer comprar.



Reprodução

O enfermeiro teria gasto mais de R$ 70 mil (25 mil libras) com os cartões de crédito do ex-boxeador.
O procurador britânico que acusa Dunkley de assassinato revelou que o enfermeiro usou os cartões de Shaun Cummins para comprar equipamentos para desmembrar o corpo, que estava há dias se decompondo e cheirava mal.
O enfermeiro cuidava do ex-boxeador há quatro anos. Ele abandonou o emprego que tinha para cuidar de Cummins. Como não recebia pelo serviço, se afundou em dívidas, o que teria motivado o crime.
- A morte só foi descoberta porque outros enfermeiros que cuidavam do ex-boxeador não tiveram notícias dele e acionaram a polícia. 
Em vistoria ao bangalô onde Cummins morava, eles encontraram as partes do corpo armazenadas em alguns congeladores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE VOCÊ ACHA!!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem sou eu