Seguidores

sábado, 7 de julho de 2012

Bóson de Higgs: saiba porque ela é chamada de Partícula de Deus

A CERN – Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear — deve anunciar nesta quarta-feira (4), com 99,99% de certeza, que foram encontradas evidências sobre a existência do Bóson de Higgs, também conhecido como “Partícula de Deus”.

Segundo o “modelo-padrão”, a teoria da estrutura fundamental da matéria, elaborada nos anos 60, que descreve todas as partículas e forças do universo, o bóson de Higgs é considerado a partícula que proporciona sua massa a todas as demais.

A partícula teria surgido logo após o Big Bang e teria dado origem a toda matéria existente no universo. A teoria ainda não tinha sido comprovada. Mas agora aparentemente os físicos conseguiram mostrar a existência do Bóson.

Ele é chamado “Partícula de Deus” por causa do título do livro o Prêmio Nobel de Física, Leon Lederman. O autor teria dado ao livro o nome “The Goddamn Particle” (em português, a partícula maldita), por causa da dificuldade em encontrá-la por meio de experimentos. O título foi, depois, cortado para “A Partícula de Deus” por seu editor, aparentemente temeroso de que a palavra “maldita” fosse ofensiva.

Modelo Padrão

O Modelo Padrão descreve todas as partículas fundamentais que compõe a matéria, assim como suas forças, segundo o Tecmundo. Essas partículas teóricas até agora puderam ter sua existência comprovada por meio de experimentos em equipamentos.

Estes testes já comprovaram a existência de quarks e neutrinos, o que confirmou que o modelo estava correto. A última delas seria o Bóson de Higgs, que demorou tanto tempo para ser detectado devido à energia necessária para reproduzir um em laboratório.

O bóson de Higgs leva esse nome pois foi descoberto, por dedução, pelo físico britânico Peter Higgs, que requereu a existência da partícula.

“A ideia é que existem partículas que se chocam permanentemente com bósons de Higgs. Estes choques freiam seu movimento, que se torna mais lento, e dão a eles a aparência de uma massa”, explica o físico e filósofo Etienne Klein, segundo a AFP.

O campo de Higgs seria como uma espécie de cola em meio à qual as partículas se encontram unidas, o que seria percebido como massa.

Caso seja realmente confirmada a existência do Bóson de Higgs amanhã, os físicos poderão se preocupar em conseguir explicar algumas questões como força da gravidade, o tempo, a matéria escura e a antimatéria.

Fonte: Gospel Prime
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE VOCÊ ACHA!!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem sou eu