Seguidores

terça-feira, 22 de julho de 2014

Globo vê ‘inimigo mortal’ retornar ao comando da Seleção Brasileira


22112012altashoras70517

A TV Globo não tem motivos para comemorar a possível chegada de Dunga ao comando da Seleção Brasileira – a CBF fará anúncio oficial nesta terça (22). Com o capitão do Tetra como treinador, entre 2006 e 2010, a emissora não teve vida fácil.
Além de fechar os treinos dos jogadores durante a Copa para a imprensa, diferentemente do que Felipão fez nesta Copa do Mundo, Dunga não tinha um bom relacionamento com repórteres e produtores da Globo.

Prova disso foi a forma como ele tratou o jornalista Alex Escobar durante uma coletiva de imprensa, quando o jornalista da Globo negou as acusações de Dunga, dando conta que jornalistas pediram a cabeça de Luis Fabiano durante uma partida.
Merda, puto cagão. Tu é cagão”, disparou Dunga, para completar em seguida, durante a mesma entrevista: “Não adianta a gente dar muito tempo livre para eles, porque se eles saírem vocês vão atrás deles, então não é folga”.
Em 2010, antes do Brasil ser eliminado, Tino Marcos, repórter da Globo, fez uma reportagem detonando as atitudes do treinador: “Dunga não apresenta nas entrevistas um comportamento compatível com a imagem de alguém tão vitorioso no esporte. Com frequência usa frases grosseiras e irônicas”.

Em entrevista dada ao jornalista Jorge Kajuru, no canal “Esporte Interativo”, em outubro de 2011, Dunga disse que não coloca a mão no fogo pela Globo e citou ainda Galvão Bueno. Da equipe do canal, só salvou Fátima Bernardes.
Após a eliminação do Brasil na Copa de 2010, a Globo fez uma reportagem especial, exibida no “Esporte Espetacular”, criticando diversas atitudes de Dunga, como convocação de alguns atletas contestados, isolamento dos jogadores — sem acesso da imprensa — e tratamento “militar” com os atletas.
Apesar disso, destacou que Dunga foi um dos técnicos mais vitoriosos da Seleção Brasileira, tendo uma campanha incontestável nas Eliminatórias da Copa de 2010, além dos títulos da Copa América e Olimpíadas.

Em tempo:

Na era Felipão, a Globo teve privilégios com a Seleção Brasileira. Equipes da emissora de TV invadiram a concentração dos jogadores durante a Copa do Mundo em várias oportunidades. Além disso, o próprio Felipão concedeu entrevista exclusiva ao “Jornal Nacional” após a vitória sobre a Colômbia, pelas quartas de final.
O “Fantástico” deste domingo (20) destacou que os telespectadores, por meio de pesquisa, rejeitaram a escolha de Dunga para comando da Seleção Brasileira. No “Esporte Espetacular” do mesmo dia, citou a possibilidade de um treinador estrangeiro comandar a equipe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE VOCÊ ACHA!!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem sou eu